CTR AdWords e posicionamento superior vs. lado

Perguntam-me muitas vezes qual o melhor posicionamento para colocar anúncios no AdWords: em cima das pesquisas orgânicas ou ao lado?

No vídeo abaixo mostramos os resultados de várias campanhas, aproveitando os dados que o AdWords começou agora a facultar, e que permitem perceber melhor como se comportam os visitantes e como reagem às diferentes posições na colocação dos anúncios.

Há muito tempo que tinha feito lei entre os especialistas AdWords, a ideia de que não valeria a pena arriscar pagar muito para apresentar os anúncios na posição cimeira, acima dos resultados das pesquisas orgânicas do Google (faço também mea culpa).

Temia-se especialmente o clique mecânico que vitimava os posicionamentos na primeira posição, já que muitos visitantes clicavam sem sequer ler os anúncios e um pouco à cega. A ideia era de que o custo que tal comportamento implicava, não se justificaria pela pouca selectividade que os visitantes apresentavam quando aí clicavam. Isso é agora desmentido com os dados reais a serem são tornados públicos, aparecendo separados pela sua localização superior ou lateral.

Nestes poucos exemplos que apresentamos, é bem patente que as conversões conseguidas nas posições superiores, são em muito maior número, além de que e cumulativamente, as exibições nesses 3 primeiros locais atingem um CTR que pode ser 25 vezes mais do que é obtido na posição lateral.

Ora sabendo-se que o CTR é um dos componentes mais fortes do índice de qualidade e que a sua influência quando benéfica é responsável pelo baixar do custo do clique, faz com que esta descoberta venha abrir por completo novas perspectivas de melhoramentos na gestão de campanhas AdWords.

Comparando os dados apresentados, podemos facilmente descer ao pormenor da análise das palavras-chave e ser capazes de começar a escolher quais aquelas que precisam de ser “promovidas” para que venham também a enfileirar na zona que nos proporciona melhor CTR e mais conversões. Deste modo conseguem-se resultados colossais comparativamente àquilo que anteriormente já nos agradava (ou aos nossos clientes).

Reflexo imediato dessas alterações serão portanto a melhoria da taxa dos cliques que ficarão cada vez mais baratos, uma vez que ao aumentar o CTR e o comportamento geral das contas, vão-se produzir efeitos positivos no abaixamento do preço unitário dos cliques.

Comece a aplicar estas correcções de modo conservador, talvez seja de boa política iniciar o trabalho nos termos de correspondência exacta, deixando os de expressão e genéricos para uma fase posterior.

Vai ver que assim que o CTR de todas as suas palavras-chave mais importantes beneficiem do posicionamento selectivo na parte superior, nunca mais irá querer que os seus anúncios sejam exibidos nas posições laterais.

Veja agora o vídeo e comprove:

Google+

Be Sociable, Share!
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

One Response to CTR AdWords e posicionamento superior vs. lado

  1. Pingback: Porque o Google quer os melhores anunciantes no topo | Blog WebTraffic

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>